Fabricantes
 
Cesto
Cesto vazio
 
Promoções
 

Lâmpada "Repti-Glo" 2.0 Tubular - 105cm

Preço: 28,71€
Disponibilidade: 5 - 15 Dias
Modelo: 2154
Fabricante: EXO TERRA

Os tubos fluorescentes lineais têm uma alta emissão de energia e distribuem-na mais eficazmente em terrários largos. Exo Terra oferece um intervalo de sete medidas em cada tipo de tubo para poder abarcar qualquer tamanho de terrário. As medidas mais compridas podem inclusivamente usar-se para terrários contíguos.

Repti Glo 2.0 é uma fonte de luz com uma alta produção de luz visível, um alto índice para ressaltar a cor (CRI) e uma baixa emissão de radiação ultravioleta. É adequado para serpentes, para todos os anfíbios (sapos, rãs e salamandras) e para animais nocturnos. As plantas também se desenvolvem sob os efeitos desta luz. É o complemento perfeito de uma lâmpada de luz ultravioleta "B" para aumentar a luz visível.
 

  • É uma lâmpada de espectro ideal para répteis e anfíbios
  • Estimula o crescimento das plantas
  • Alta produção de luz visível
  • A luz ultravioleta "A" (25%) estimula o apetite, a actividade e o comportamento reprodutivo
  • A luz ultravioleta "B" (2%) promove a síntese da vitamina D3
  • Alto Índice ressaltador de Cor 98
  • Temperatura de Cor a 6700 K
  • É recomendável usar em combinação com Repti Glo 5.0, Repti Glo 8.0 ou Repti Glo 10.0 dependendo dos requerimentos de luz ultravioleta do réptil



Medidas:

  • 38 cm - 14 W
  • 45 cm - 15 W
  • 60 cm - 20 W
  • 75 cm - 25 W
  • 90 cm - 30 W
  • 105 cm - 40 W
  • 120 cm - 40 W



As lâmpadas fluorescentes Repti Glo classificam-se pela quantidade de luz ultravioleta que emitem:

  • 2.0 emitem um 2% de UVB, insuficiente como única fonte desta radiação mas com alta intensidade de luz visível
  • 5.0 emitem um 5% de UVB, apropriada para espécies tropicais e subtropicais
  • 10.0 emitem um 10% de UVB, especial para répteis que vivem em desertos com uma alta exposição à luz solar. Também se recomenda quando a lâmpada se encontra a mais de 30 cm do réptil ou se interpõe uma malha densa.



Tubos fluorescentes para terrários
A característica mais importante duma lâmpada fluorescente é a sua capacidade de emitir suficiente luz ultravioleta B (UVB), uma componente da luz solar, sendo que uma lâmpada incandescente apenas emite pequenas quantidades de luz ultravioleta A e não emite UVB. Podemos aceitar como regra geral que quanta menor intensidade de luz visível, maior quantidade de radiação ultravioleta. A luz também adquire uma aparência mais azul e é mais ténue. Por isso, é recomendável combinar uma lâmpada de alta produção de luz ultravioleta (Repti Glow 5.0 e 10.0) com uma de alta produção de luz visível (Repti Glo 2.0) para obter óptimos resultados. As lâmpadas fluorescentes não geram suficiente calor. É necessária uma fonte de calor adicional (por exemplo uma lâmpada de luz concentrada para aquecimento).

Para a eleição da lâmpada mais adequada devemos ter em conta que nem todos os répteis ou animais de terrários necessitam a mesma quantidade de radiação UVB; esta varia segundo a actividade diurna em relação à nocturna, as condições geográficas e climatológicas (por exemplo, os bosques chuvosos comparados com os desertos), a altitude do seu habitat natural.

Os répteis necessitam radiação UVB para um correcto metabolismo do cálcio. De 10 a 12 horas diárias demonstraram ser um nível satisfatório de exposição para a maioria das espécies. Quanta mais luz ultravioleta se gere, menos luz visível se emite. As lâmpadas têm uma vida útil de aproximadamente um ano e devem ser trocadas cada vez que expirem.